domingo, 2 de setembro de 2007

''Minha Linda''


Meus amigos, esta ao meu lado, é a minha LINDA.
Em maio de 2006, minha vida amorosa, foi radicalmente mudada...
Conheci a Dr. Vanessa Andrade.
Começamos a nos falar como amigos, trocando msn para combinar a ida pra ver o ironman brasil daquele ano. Mas já ali, alguma coisa passava na minha cabeça... Essa mulher é especial.
Ao conversar por telefone, nossos planos de ir pra Floripa assistir a prova, quase acabou. Isso porque alguns desistiram de ir e o racha da gasolina ia furar. E foi nessa hora, onde intervi a meu favor: - Nós vamos com o meu carro, nem que seja só nós dois!
Não sei se foi um berro de um amante ou um gritinho de um guri cagado, face a grande mulher que estava do outro lado do telefone. Pois é gente, ela tem mestrado, doutorado, inúmeros artigos publicados, referee de artigos para revistas internacionais... típica mulher independente, forte e inteligente, que poderia fazer qualquer homem se borrar de medo. E nós homens somos assim, as vezes perdemos oportunidades, por medo ou insegurança. Mas eu não! Eu ia ate o fim com isso, mesmo que desse com os burros n'água.
E fomos rumo a Floripa. Ela, eu e meu irmão de triathlon o Frank. Conversamos durante as 7 horas de viagem, entre paradas e afins. O que tínhamos de saber sobre o outro, tínhamos uma ideia. Sem ela saber, eu perguntava pro Frank(que me deu força desde o inicio): - E ai meu, que tu acha??? e ele dizia: - Não sei, e olha que eu sou bom nisso!!!
Nesse mesmo fim de semana, era aniver do Frank e resolvemos ao chegar em Jurere, comemorar com um churrasco. E dai começou a coisa toda.
Como ela estava solteira, alguns já estavam dando ''tiros'' e eu lá, apreensivo. Algumas mensagens de celular depois, porque não queria que ninguém percebesse minha atuação, recebi o veredicto: - Tu é muito especial!
Ora bolas, o que isso significa?????? Depois de ficar pasmo, fiquei frio e comecei a desistir, pensando que essa seria a resposta de alguém que não quer chutar o balde e dispensar alguém, cuidando pra não magoar...
Lá pelas 3 e pouco da manha, após muita conversa sobre outras coisas, ali, quase indo pra cama, perguntei o porque do especial. Seria especial como amigo???
E ela tentou explicar e foi quando eu ''arrematadoramente'' a puxei pela camisa e dei, o primeiro e inesquecível beijo... logo após esse momento lindo, veio uma outra conversa, e dado os atuais fatos da vida dela, iríamos aproveitar o final de semana e depois da viagem ela iria retomar a vida dela, um pouco conturbada na época. E eu também pensei que conseguiria pensar desse jeito.
Porém ela entrou na minha vida, assim como quem vem de mansinho, com medo de se envolver, mas ao mesmo tempo com uma certeza de amor verdadeiro.
Ao mesmo tempo que foi muito rápido, foi muito lindo. Tenho certeza do sentimento que tenho por ela e ela por mim. Confio 100% na minha mulher, minha linda.
Após um ano juntos, resolvi que alguma coisa tinha que mudar. O meu sentimento era forte demais pra passar em branco. Foi dai que veio a IDÉIA.
E em maio de 2007, pedi o meu amor em casamento!!!
Mas dai é papo pra outra postagem....

2 comentários:

Vanessa disse...

Lindo, depois de ler tudo isso fica até dificil falar. Mas eu não posso deixar de dizer o porquê do ESPECIAL naquele momento. Aliás essa é uma palavra que continuo dizendo até hoje pra ti: que tu é muito especial. E tu é especial por tudo isso que representas pra mim e para todos os teus amigos. Uma pessoa simples e que ama as coisas simples da vida. Nós estamos juntos a mais de 1 ano e nesse tempo minha admiração e amor por ti só crescem, pois a cada dia que passa tu te revelas mais especial ainda. Um guri batalhador, esforçado, organizado e apaixonado. Não só por mim, mas pela família, pelos amigos e pelo Triathlon né. E em cada um desses núcleos és uma pessoa especial. Eu poderia listar aqui os mil motivos ou mais pelos quais eu te acho especial, mas vou deixar isso pra um e-mail particular viu, hehehe. Beijos meu lindo, te amo a cada dia mais, tua lindinha

thiagolin disse...

bem devagar!!!!!!!

hahaha...nao poderia dizer outra coisa do meu "cunhado", que a mulher nao leia isso,

grande abraço meu guri!